logo Troca linha TROCA - Plataforma por um comércio international justo

CE, Acrónimos e transparência

CE, Acrónimos e transparência

CE, Acrónimos e transparência

A CE pretende mudar a abordagem aos tratados corporativos, no contexto das grandes contestações ao acordo com o Canadá.

A falta de transparência foi um dos problemas por trás do colapso do TTIP e o CETA esteve a ponto de soçobrar, até que a CE concordou em submetê-lo aos parlamentos nacionais.

Agora a CE preocupa-se com as questões linguísticas e afirma que os negociadores devem evitar “acrónimos tóxicos”.

As campanhas STOP TTIP/ STOP CETA têm mobilizado muitas centenas de milhar de cidadãos em muitas cidades europeias, sobretudo na Alemanha e aparecem autocolantes em todo o continente.

Martin Selmayr, braço direito de Juncker, reconheceu esta semana que essas abreviaturas não têm futuro. “O presidente Juncker opõe-se a elas e eu também, e se vocês começarem um debate com elas, então já perderam”, confessou ao Politico.

Se a CE se envolver de novo num tratado com os EUA – coisa que Selmayr deseja – então de certeza que já não se chamará TTIP. Cecilia M. também fez comentários no mesmo sentido…

Tendo aprendido a lição, a CE está já a colocar em acção a sua nova filosofia… O acordo com a Indonésia (Comprehensive Economic Partnership Agreement = CEPA), em negociação, viu o seu acrónimo substituído por “Free Trade Agreement between EU and Indonésia”….

A CE usa apenas a sigla ISDS para indicar aquilo que quer ver abolido nos tratados e tem o cuidado de referir por extenso a sua substituição: Investment Court System.

Contudo, as organizações continuam a construir as suas campanhas com os seus próprios acrónimos. Vários grupos referem o acordo com o Japão como “JEFTA” (Japan Economic free Trade Agreement), mas um funcionário da CE afirmou que tal nunca foi usado pelos serviços…

À medida que os funcionários enviam as velhas siglas para os arquivos, um observador notou: “O problema da CE não é o uso dos acrónimos, mas sim o desprezo pelas sérias preocupações dos cidadãos”.

Loris Wallach, Politico, 5/5/2017

https://www.politicopro.com/trade/story/2017/05/omg-ttip-jefta-are-doa-156366

Tradução e adaptação de Manuel Fernandes