logo Troca linha TROCA - Plataforma por um comércio international justo

Historial da Plataforma

Campanhas, participação em dezenas de debates, publicação da informação relevante, diálogo com outras organizações, associações, sindicatos...

2014

Criação da Plataforma Não ao Tratado Transatlântico

 

Criada em finais de 2014, associada à rede europeia STOP TTIP, uma Aliança de mais de 500 organizações Europeias para promover campanhas contra o TTIP e o CETA por ameaçarem a democracia, o Estado de Direito, o ambiente, a saúde, os serviços públicos e os direitos dos consumidores e trabalhadores.

 

 

2015

Out. 2015

Iniciativa de Cidadania Europeia contra o TTIP e o CETA.

Em Portugal subscrevem mais de 15.000 pessoas, o necessário para Portugal atingir o quórum para o país. (total de assinaturas a nível europeu: mais de 3 milhões)

 

 

2016

Campanha CETA Check!

 

Campanha Zonas Livres do TTIP/CETA/TISA

 

Zonas portuguesas declaradas de Zonas Livres do TTIP/CETA/TISA:

Caneças, Évora, Famões, Faro, Loulé, Loures, Mértola, Palmela, Pontinha, Ramada, Salvaterra de Magos, São Brás de Alportel

 

2017

12 Jan. 2017

Petição pelo debate alargado sobre o CETA

Mais de 4.000 subscrições; Debatida na AR, Aprovação do projecto de resolução apresentado pelo PAN: Recomendação de “debate alargado com a sociedade civil“

 

 

21 Jan. 2017

Dia Europeu de Protesto contra o CETA

Concentração no Rossio, cerca de 50 pessoas, vários partidos e associações

 

 

22 Jul. 2017

Pareceres da Plataforma

por solicitação da Comissão Parlamentar de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas da AR, referentes aos projectos de resolução sobre o CETA e a Parceria Estratégica entre o Canadá e a UE.

 

18. Set. 2017

Evento “Contagem Final contra o CETA

intervenções de representantes de 11 organizações da sociedade civil, 6 partidos contra o CETA, 3 docentes universitários, 2 bandas musicais e 2 performances; presentes, ao todo, ca. de 200 cidadãos, manifestando o seu apoio

 

 

2018

Jan. 2018

Novo nome e novo foco da Plataforma

 

Esperamos contar com todos vós para dar continuidade a esta luta cidadã por um comércio mais justo e as vossas sugestões são bem-vindas!