logo Troca linha TROCA - Plataforma por um Comércio Internacional Justo

o TCE é um verdadeiro entrave ao futuro comum que todos ansiamos

o TCE é um verdadeiro entrave ao futuro comum que todos ansiamos

o TCE é um verdadeiro entrave ao futuro comum que todos ansiamos

No Público, Júlia Seixas afirma que o TCE é “…um verdadeiro entrave ao futuro comum que todos ansiamos”

No dia em que os Ministros da Energia da UE reuniram informalmente, Júlia Seixas afirma num artigo no Público sobre o Tratado da Carta da Energia (TCE) que: “A situação é complexa do ponto de vista político, e só uma posição de força dos Estados-membros e da União Europeia poderá pôr um fim às amarras deste Tratado que é um verdadeiro entrave ao futuro comum que todos ansiamos.”

Júlia Seixas, especialista em Ambiente, Energia e Alterações Climáticas, professora na Universidade NOVA de Lisboa, recorda que: “Muito embora, à data da assinatura deste tratado, se possa compreender as motivações e as disposições então acordadas, atualmente este Tratado é muito enviesado e mesmo descabido face ao que está a acontecer ao sistema energético, isto é, a sua transformação para energias renováveis, que têm a característica de serem recursos endógenos dos respetivos territórios, o que reduz muito o risco do investimento. O clausulado do Tratado da Carta da Energia torna os Estados reféns dos investidores em energias fósseis.”

Este artigo vem ao encontro dos posicionamentos e alertas que a TROCA vem assumindo em relação a este tratado,  apelando por isso a que Portugal abandone, com a maior brevidade e de preferência de forma coordenada, este obsoleto Tratado anti-clima.

Participa nesta luta.
Assine a petição nacional e europeia.