logo Troca linha TROCA - Plataforma por um comércio internacional justo

Via Campesina apela à mobilização contra Comércio Tóxico

Via Campesina apela à mobilização contra Comércio Tóxico

Via Campesina apela à mobilização contra Comércio Tóxico

No passado dia 10 de Setembro, a rede mundial La Via Campesina, que inclui quase 2 centenas de organizações de agricultores, assinalou um dia de luta contra aquilo que na TROCA temos nomeado como Comércio Tóxico: um conjunto de tratados de comércio e investimento que têm sido negociados nas costas da população, favorecendo as empresas multinacionais em prejuízo do meio ambiente, da coesão social, da Democracia e de outros valores fundamentais.

A declaração da rede pode ser lida integralmente aqui. Neste texto traduzimos alguns trechos que merecem destaque acrescido:

«Os trabalhadores e trabalhadoras do mundo rural alimentam 70% da população mundial mas foram os primeiros a sofrer o lado obscuro dos acordos de livre comércio propostos pela OMC e outras instituições multilaterais. (…)

A coordenação europeia da Via Campesina já avisou que o tratado UE-MERCOSUL ameaça minar os padrões de bem-estar animal, saúde, ambiente e bem-estar na União Europeia (…)

Muitos destes acordos incluem o controverso ISDS, que na prática permite às empresas privadas ignorar as leis e a soberania dos vários estados e processar governos se estes ameaçarem as suas margens de lucro. É um sistema que permite às empresas multinacionais levar um estado soberano a julgamento, frente a um júri estabelecido de forma opaca, pelo “crime” de privilegiar o bem-estar dos seus cidadãos face aos lucros das multinacionais. É um perigo que tem de ser veementemente combatido.»

O texto termina falando sobre a importância do Tratado Vinculativo na ONU. Efectivamente, a coordenação europeia da La Via Campesina (ECVC) faz parte da rede europeia que tem mobilizado a campanha «Direitos para as pessoas, Regras para as Multinacionais».

via-campesina campanha OMC