logo Troca linha TROCA - Plataforma por um Comércio Internacional Justo

Parem os acordos tóxicos: UE-Chile, UE-Mercosul e UE-México!

Parem os acordos tóxicos: UE-Chile, UE-Mercosul e UE-México!

Parem os acordos tóxicos: UE-Chile, UE-Mercosul e UE-México!

Para além do elevado número de acordos já firmados, a Comissão Europeia está obstinadamente empenhada em continuar a conceber e a negociar acordos de comércio e investimento tóxicos, como é o caso do UE-Chile, UE-Mercosul e UE-México. A maioria destes acordos são finalizados sem que os cidadãos da UE tenham conhecimento e sem que os seus directos representantes sejam envolvidos – eurodeputados e deputados. Só na fase final, depois de tudo estar decidido entre os negociadores de ambas as partes, o Parlamento Europeu dá o seu voto, não passando de pura formalidade.

Os Acordos de Comércio e Investimento constituem os alicerces da globalização, mas têm conduzido a um impacto ambiental insustentável, a um aumento acentuado das desigualdades no interior dos países, a um esvaziamento progressivo da Democracia, entre outros problemas.

Ao invés de repensar a forma como se tem processado o Comércio Internacional nas últimas décadas, e criar novos acordos envolvendo as populações e a sociedade civil, que protejam o planeta e as pessoas, tem acontecido o oposto. Os Acordos de Comércio e Investimento mais recentes vão ainda mais longe na defesa do interesse das multinacionais e na alienação dos cidadãos do debate público.

Neste vídeo, várias organizações de uma rede em prol de um Comércio Internacional Justo, da qual a TROCA faz parte, apelam ao fim deste modelo de comércio e, especificamente, dos acordos entre a UE e os países do Mercosul, do Chile e do México.

 

 

Saber mais:

https://www.plataforma-troca.org/comercio-toxico/

https://www.plataforma-troca.org/?s=UE-chile

https://www.plataforma-troca.org/?s=UE-Mercosul

https://www.plataforma-troca.org/seis-razoes-para-nao-ratificar-o-acordo-global-uniao-europeia-mexico/