logo Troca linha TROCA - Plataforma por um comércio internacional justo

Argentina abandona negociações do Mercosul

Argentina abandona negociações do Mercosul

Argentina abandona negociações do Mercosul

Para se concentrar na resposta à crise interna agravada pelo novo coronavírus, a Argentina abandonou as negociações dos acordos comerciais do Mercado Comum do Sul (Mercosul).

No dia 24 de Abril o Paraguai, que detém actualmente a presidência do bloco, declarou que a Argentina “informou que adotou essa determinação em resposta às prioridades da sua política económica interna, agravada pela pandemia da covid-19, e indicou que não será um obstáculo para os outros Estados continuarem com os vários processos de negociação.”

Recorde-se que o bloco comercial inclui também o Uruguai e o Brasil como membros plenos (estando suspensa a Venezuela) e o Chile, a Colômbia, o Peru e o Equador como estados associados (estando a Bolívia em processo de adesão). É importante relembrar que neste momento está em negociação um acordo entre o Mercosul e a União Européia.

A TROCA opõe-se veementemente a tal acordo que, no actual contexto, corresponderia a um estímulo e um acentuar da cumplicidade para com vários atentados aos Direitos Humanos e o Ambiente (por várias razões diferentes), entre vários outros problemas.

As razões apresentadas pela Argentina ecoam os apelos que constam de uma carta aberta que a TROCA subscreveu. Faz bem a Argentina em colocar a saúde pública acima de negociações que têm, tipicamente, resultado no aprofundamento de formas de comércio ecológica e socialmente insustentáveis.